Artigos

Inteligência Social

Melissa Almeida
Escrito por Melissa Almeida em 01/10/2020
Inteligência Social
Junte-se a mais de 200 empresas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você com certeza já ouviu falar de Inteligência Emocional, porém Inteligência Social é um termo que poucos conhecem, no entanto influencia e muito no ambiente de trabalho.

Podemos definir a Inteligência Social como a capacidade que o indivíduo tem de reagir de forma adequada nos vários contextos sociais, de forma que as relações se mantenham saudáveis e produtivas.

Ou seja, aquilo que costumeiramente chamamos de tato ou bom senso, competências essas que podem ser desenvolvidas ou trabalhadas.

Nada mais é do que a capacidade que a pessoa tem de saber se portar de maneira adequada no ambiente onde está inserido ou conforme a situação. Como falar baixo em hospitais ou igrejas, por exemplo.

Daniel Goleman (estudioso da área) costuma dizer que a Inteligência Social é a sensibilidade que a pessoa tem para dominar habilidades como: Comunicação verbal e não verbal, empatia e assertividade.

Quer dizer que quanto mais o indivíduo dominar essa capacidade de perceber as emoções alheias (a partir de expressões verbais ou não verbais), mais desenvolvida está sua Inteligência Social.

Isso pode ser um grande diferencial em ambientes corporativos, pois estas características são mais comumente encontradas em líderes, os quais geralmente ganham os salários mais altos.

Mas afinal quais são essas características?

São elas: – alta capacidade de escutar (sem interromper e atento ao que está sendo dito);

– controle da auto imagem (é autêntico, é a mesma pessoa em todos os ambientes);

– tem bastante capacidade de observação (percebe o que o outro está sentindo ou pensando);

– eficácia social (sente-se confortável em lidar com diferentes pessoas, até com quem pensa diferente dele);

Costuma ser um profissional ágil, capaz de se antecipar a possíveis problemas e com bons resultados em negociações.

Tanto a inteligência emocional quanto a social são fortalecidas pela empatia, pela sua capacidade em resolver conflitos, em conviver de forma pacífica e respeitosa com todos.

Se você, como líder e gestor, quiser desenvolver essa inteligência, pode começar praticando a escuta, ficando atento às situações ao seu redor, e mais importante, evitando reagir de forma brusca e impensada.

Lembre-se que a habilidade social é um grande passo na sua carreira e na de seus liderados, ela pode fazer a diferença tornando o local de trabalho mais agradável e produtivo.

Tem alguma dúvida? Nós te ajudaremos, envie uma mensagem no WhatsApp (49) 9.9817-3953 ou encaminhe um e-mail para: contato@centraldevagas.com

Deixe sua opinião nos comentários do post.

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Deixe sua opinião nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *