Artigos

Presença Digital na Pandemia

Melissa Almeida
Escrito por Melissa Almeida em 04/06/2020
Presença Digital na Pandemia
Junte-se a mais de 200 empresas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Não temos dúvida de que essa pandemia irá transformar muitas coisas.

Nesse momento de crise na saúde e na economia, você como empreendedor deve ter percebido o quanto a internet tem sido essencial, tanto na comunicação com a sua equipe como alternativa para reuniões e treinamentos online, mas principalmente no contato com os clientes.

A população em geral foi “forçada” a se familiarizar com serviços oferecidos na internet: internet banking, compras online, acesso a páginas do governo como Detran, companhias de energia, serviços do INSS, etc.

Isso significa que se um cliente precisou dos serviços da sua empresa e não te achou na internet ou ao localizar seu site ou rede social ele não estava atualizado, sim você pode ter perdido uma venda.

E convenhamos nesse situação de crise financeira, perder clientela por uma falha tão primária, pode trazer mais consequências negativas para a empresa. Não só de caixa, mas principalmente de imagem.

Tem gente que ainda pensa que usar a internet pode ser investimento caro e desnecessário.

Internet é sinônimo de visibilidade. A presença digital deixou de ser opção e se tornou necessidade, independente do ramo de atuação.

Estar presente no mundo digital significa valorização no relacionamento com o cliente e posicionamento frente à concorrência.

Mas um site ou rede social desatualizados também não são pertinentes. Comparado com as mídias tradicionais é mais barato sim. Então invista naquilo que tem mais relevância para sua clientela e, por favor, mantenha atualizado.

Apresente conteúdos relevantes e posicione sua marca no mercado.

Este artigo ajudou você? Tem alguma dúvida? Nós te ajudaremos, envie uma mensagem no Whatsapp (49) 9.9817-3953 ou encaminhe um e-mail para: contato@centraldevagas.com

Deixe sua opinião nos comentários do post.

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Deixe sua opinião nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *