Artigos

Recrutamento e Seleção para Pequenas e Micro Empresas

Melissa Almeida
Escrito por Melissa Almeida em 21/05/2020
Recrutamento e Seleção para Pequenas e Micro Empresas
Junte-se a mais de 200 empresas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Sabendo que a arte de contratar é um desafio para muitos, que mesmo profissionais experientes estão sujeitos a errar em alguma escolha e que esse erro pode trazer consequências bem ruins (quebra de contrato, perda de cliente, prejuízo financeiro, etc.), resolvemos dar algumas dicas que podem facilitar esse processo.

Hoje vamos apresentar uma série de dicas com intuito de facilitar a contratação de novos funcionários.

Já falamos disso anteriormente, porém agora vamos aprofundar um pouco mais o assunto, pois algumas empresas não tem um setor de RH, um profissional especializado para realizar esta atividade, cabendo muitas vezes ao proprietário da empresa ou ao supervisor da área realizar esta atividade.

Então vamos lá.

Abriu uma vaga e você precisa contratar.

Passo a passo até a contratação

Elaborar cronograma

Onde você possa colocar a data de abertura/fechamento do processo, bem como todas as atividades inerentes a ele.

Respeite este cronograma o máximo possível.

Descrição da vaga

Fase mais relevante.

Se você fizer um bom trabalho aqui, isso vai facilitar as etapas seguintes.

Pense no local onde esse futuro colaborador irá trabalhar, tenha um cuidado especial se for cargo terceirizado, pois as características deverão ser de acordo com a empresa contratante e não com o que você acha o ideal.

O que não pode faltar nessa descrição? Histórico profissional, tempo de experiência necessário, conhecimento técnico e operacional e características pessoais.

Em características pessoais você deve observar: – a vaga exige liderança? Trabalha sozinho? Que tipo de equipe irá integrar? Qual a cultura organizacional desta empresa (tradicional familiar, multinacional, ambiente rígido ou mais descontraído)?

Forma de recrutamento

Descrita a vaga, onde você vai anunciar?

Jornal/rádio/redes sociais/plataformas online/agências de emprego/indicação de amigos e parceiros.

Não esqueça que esta etapa está diretamente ligada ao tempo que você tem, pois a resposta dos veículos é diferente.

 Os currículos deverão ser entregues de que forma? Mais uma vez leve em consideração o tempo que você tem para escolher se será através de e-mail, whatsapp, entregues pessoalmente, etc.

Análise dos currículos

Primeira coisa a fazer é verificar se estão de acordo com os requisitos anunciados. 

Você vai receber currículos bons, mas também vai receber currículos de gente sem experiência, pessoas buscando primeiro emprego, de trabalhadores de outras áreas, enfim uma diversidade de currículos.

Esta fase costuma ser a mais cansativa justamente pelo tipo de material que você vai receber.

Aqui requer tempo, nada de pressa pra não correr o risco de chamar para entrevista alguém que não tem nada a ver com a vaga.

Faça uma atenta leitura destas informações, procure “ver” nas entrelinhas, sempre levando em consideração a descrição vaga. Não hesite em consultar o supervisor da vaga ou colegas de setor para confirmar alguma informação.

Ao ler cada currículo vá anotando o que gostaria de perguntar para este candidato e fazendo uma prévia seleção, descartando que não se encaixa.

Você deve ter uma lista de perguntas padrão, mas como cada pessoa é diferente da outra, algumas perguntas também serão.

Marcar entrevistas

Esta tarefa você pode delegar para a secretária, assistente ou estagiário.

Passe para essa pessoa os períodos livres da sua agenda e peça que ela agende as entrevista com no mínimo 40min de intervalo. Algumas entrevistas você fará em 5min e outras vai levar 1h.

Se tiver tempo para dividir em dias diferentes ou períodos alternados será melhor. Mesmo por que pode ser cansativo e muitas vezes frustrante passar o dia entrevistando pessoas. Sem esquecer que você tem uma série de outras atividades a realizar.

 Outra coisa bastante importante a qual será um diferencial da sua empresa: o feedback aos candidatos. Precisa sim dar um retorno a eles, pode ser uma mensagem através do whatsapp, por e-mail ou até mesmo uma ligação. Crie um texto simples, agradecendo a participação no processo seletivo e informando que o currículo dele não foi selecionado (veja bem, o currículo não foi selecionado, não a pessoa. Aqui poderia ser assunto de um artigo) e que o mesmo será guardado por um determinado período e que poderá ser usado em outros processos seletivos.

Você pode achar uma perda de tempo, mas para a pessoa que se preparou e se dedicou ainda que por pouco tempo para entrar na sua empresa, essa atitude faz a diferença. *

Entrevistas

Lembre-se que você já se preparou para esse momento. E tem uma vantagem, você sabe quem vai entrevistar – Fulano de tal, que mora no bairro X, tem tanto tempo de experiência…

O “fulano de tal” que está lá na recepção aguardando para ser chamado, traz consigo uma gama de desejos e ansiedade. Muitas vezes está bastante tempo desempregado, com problemas familiares ou financeiros.

Você já sabe o que vai perguntar, ele não tem ideia do que vai ouvir. Então seja simpático, empático e cordial. As expectativas dele muitas vezes são maiores que as suas.

Uma dica básica, mas que muita gente esquece, se apresente, diga seu nome. É comum pessoas saírem de entrevistas sem saber com quem falaram.

Faça uma breve descrição da vaga com as informações mais relevantes.

Procure seguir uma ordem lógica mais ou menos de acordo com as informações do currículo e pegando “ganchos” nas respostas dele.

Esteja sempre muito atento e evite interrupções.

Lembre-se que seu objetivo é conhecer bem esse candidato para ver se ele se encaixa nos requisitos que a vaga exige, então pergunte tudo que precisa e “ouça também o que ele não diz”, como a forma que se senta, o tom de voz, a postura (este já é outro assunto).

Ao final da entrevista você tem que se perguntar se o candidato preenche os pré-requisitos da vaga e se possui os diferencias necessários na área de Segurança Privada, Segurança Eletrônica que são:

    • Cordialidade e simpatia

    • Disciplina e responsabilidade

    • Atenção e boa memória

    • Sigilo e discrição

    • Boa comunicação

    • Capacidade de reação

Quando já tiver as respostas necessárias, verifique se o candidato tem alguma pergunta ou dúvida.

Encerre a entrevista agradecendo a presença e dizendo que ele será comunicado até o dia “x” sobre a continuidade no processo ou não.

Continuidade por quê? Porque talvez você queira conversar com ele novamente pra definir entre ele e outro candidato. Ou se haverá necessidade de passar por entrevista com o supervisor da área, detalhes esses que você deve ter definido lá no início do processo.

Já diz o ditado: “a pressa é inimiga da perfeição”, então nada de decisões precipitadas, pois as chances de você se arrepender depois é bem grande.

Ok, vamos supor que era apenas uma etapa e você já definiu quem será o feliz contratado.

Quase acabando o processo.

Verifique a documentação necessária para contratação, prováveis datas para realização de exame admissional e ligue para o “fulano de tal” para dar a boa notícia.

Ufa! Acabou…**

Parece complicado né?

O processo de Recrutamento e Seleção não se faz como uma “receita de bolo”.

Cada empresa cria seu passo a passo e vai adaptando conforme as necessidades.

Lembra-se de quando falei lá em cima sobre as Formas de Recrutamento?

Uma das formas que citei foi Plataformas Online. É justamente o que fazemos aqui na Central. Disponibilizamos um espaço onde você pode anunciar suas vagas, de forma totalmente gratuita, e aguardar que os profissionais interessados se cadastrem nelas. Ou, o que é ainda melhor, temos um amplo banco de profissionais onde você mesmo pode procurar o candidato ideal.

Isso significa que além de te dar um roteiro nós ainda podemos agilizar uma etapa do processo.

Que sorte a sua não?

E agora vamos te dar mais um bônus, uma série de perguntas que poderão facilitar na hora da entrevista.

    1. Fale sobre você. Aqui é o espaço que o candidato tem para falar sobre a formação acadêmica, hobbys e sonhos. O ideal é que ele se refira ao âmbito profissional.

    2. Como você lida com pressões no trabalho? Peça exemplos vividos por ele e observe se estão de acordo com a vaga.

    3. Porque eu deveria contratá-lo? Ele tem que relatar como pretende contribuir no crescimento da empresa, em que ele faria a diferença.

    4. Fale sobre seus pontos fortes. Veja o pode ser essencial para o trabalho. Qualidade que está de acordo com a vaga.

    5. Fale sobre pontos a melhorar. Aqui demonstra autoconhecimento e o que ele está fazendo para melhorar esta característica.

    6. Por que você saiu do emprego anterior? O ideal é que ele se refira a oportunidades de crescimento. Fique atento a honestidade.

    7. O que considera importante numa empresa? Espere respostas voltadas a valores pessoais. Estabilidade, possibilidade de crescimento, empresa voltada ao Social.

    8. Por que você escolheu a nossa empresa? Ele deveria responder que pesquisou sobre a empresa, conversou com alguém que trabalha ou trabalhou ali e que alguns itens o atraíram.

    9. Onde você se vê em 5 anos? Observar se ele tem planos que incluam a empresa a longo tempo.

O que procuramos passar pra você é um pequeno roteiro, agora você tem “a faca e o queijo na mão”, é só criar seu manual.

Sucesso!

Este artigo ajudou você? Tem alguma dúvida? Nós te ajudaremos, envie uma mensagem no WhatsApp (49) 9.9817-3953 ou encaminhe um e-mail para: contato@centraldevagas.com

Deixe sua opinião nos comentários do post.

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Deixe sua opinião nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *